2011/08/16

GRANDE SUCESSO NA EXPO ALAGOA 2011


Como foi o XXIV Torneio Leiteiro de Alagoa?
Inicialmente, uma festa animada como sempre e boa como nunca! Uma festa para se lembrar com saudades e para se guardar no cofre das mais caras recordações.
Venceu os boatos... É! Como tudo o que é envolvido por gente e por política, o XXIV Torneio Leiteiro de Alagoa teve sua primeira fase ditada pela boca miúda que afirmava que não aconteceria. Aconteceu e silenciou os rumores, que só fizeram tornar a festa ainda mais misteriosa e desejada.
Foi temático... Um Torneio Leiteiro que pediu a paz em todas as suas nuances, principalmente, a paz no campo. Ao mesmo tempo que pediu paz, repudiou toda forma de violência e convocou as famílias, as Escolas, as Igrejas e demais setores da vida pública ou privada a hastearem a bandeira branca da concórdia, do perdão e da aceitação do indivíduo como um ser humano que, como qualquer outro, pode errar e tem o ilimitado direito ao perdão e à oportunidade de reerguer-se.
Resgatou a esquecida realeza... Graças a Deus e à boa vontade de colaboradores ímpares, as moças apareceram para o desfile que consagrou a nova Rainha e a nova Princesa do Torneio Leiteiro. Nós, os boquiabertos súditos, aplaudimos as belezas de suas excelências, a Rainha Lidiane Barros e a Princesa Winnye Ribeiro, e lhes desejamos um feliz reinado até 2012.
Prestou homenagens... E elas foram tantas! A primeira e mais justa foi ao bravo homem do campo, razão maior de nossa festa. Todavia, também se homenageou a excelência que vem conquistando o gado alagoense e seus criadores, pelas altas médias leiteiras alcançadas e pela indubitável qualidade do rebanho que hoje se cria.
Exaltou os quase sempre esquecidos... Um Torneio Leiteiro, como toda festa é um momento de lembranças e de agradecimentos pelo indestrutível elo da vida, que se encontra presente nas mãos estendidas e nas mãos que recebem. Foram lembrados os agricultores, pedreiros, retireiros, comerciantes, vendedores, padeiros, setor hoteleiro e toda sua gama de trabalhadores, queijeiros, educadores, profissionais da fé, da saúde, da indústria e da estética, boiadeiros, voluntários, educandos, servidores públicos, balconistas, mulheres do lar e domésticas, enfim, toda e qualquer forma de trabalho que engrandece, honra e enche de orgulho o peito alagoense. Essa exaltação ocorreu mediante um brilhante desfile de cavalos que, saindo do Prateado, passou pela principal Rua de Alagoa e chegou ao Parque de Exposições, ostentando as Bandeiras oficiais do Brasil, de Minas Gerais, de Alagoa, da Paz e do Ano Internacional da Florestas, como um grande pedido aos homens, para que deixem para as futuras gerações um Planeta Terra menos ameaçado pela ganância e pelo deturpado direito de posse.
Por falar em posse, houve também um momento dedicado aos sem terra, sem vez, sem voz, sem teto, sem dignidade... Houve clamor para que a justiça se imponha sobre as impunidades, sobre a corrupção, sobre a covardia, desmandos, abusos de poder... Houve clamor para que a Educação conquiste o patamar de ser a única saída para os graves problemas do mundo. Houve clamor pela unidade da fé, para que realmente as Igrejas em suas denominações religiosas, parem de somente buscar adeptos e encare a falta de Deus ao mundo como a prioridade de suas buscas. Que haja, conforme muito bem colocou o Papa Bento XVI, Igrejas menos numerosas e mais convictas.
Evocou as lembranças... Partilhada por todos, foi a dor da saudade dos nossos entes queridos que não mais se encontram entre nós, numa emocionante homenagem que usou como símbolos o couro, o chapéu ao peito, a capa gaúcha, o berrante, a flor e a viola, para demonstrarem o amor nunca esquecido por aqueles que em nós deixaram espaços apenas preenchidos pela imensurável gratidão.
Reuniu amigos... O XXIV Torneio Leiteiro de Alagoa foi, mais uma vez, uma grande reunião de turistas, de parentes, de amigos e de conhecidos numa grandiosa demonstração de que “quem conhece Alagoa, com certeza, volta!” Teve muita barraca com uma variedade enorme de serviços e de ofertas, mas houve também muita procura. E o que realmente se encontrou? Gente! Gente de verdade em busca da mais pacífica alegria que se traduziu em música de qualidade ao som da Corporação Musical Juca Quirino de Alagoa ou em grandes shows com excelentes bandas, Dj’s, show de talentos com uma soberba amostra de músicas de viola, de corais, de violões, de talentos musicais locais e regionais, de poesia e de prosa.
Fez vencedores... Através de uma vasta premiação, a Prefeitura Municipal de Alagoa incentivou melhorias no campo, motivou o surgimento dos desconhecidos talentos, fez com que as crianças pudessem sonhar com uma vida na roça mais urbanizada, mais justa, mais tecnológica e menos sofrida. Ao premiar os vitoriosos de hoje, deixou abertas as portas da esperança para os Torneios que vierem. E que eles sejam cada vez melhores e maiores na qualidade de serviços e do rebanho de nossos pecuaristas.
No dizer dos jovens, foi show! Foi show mesmo de beleza jovem, de céu azul, de etapa Gladiator da Copa Mantiqueira de MotoCross 2011, de jogos abertos... Foi show de empenho de toda administração 2009/2012, cujos chefes para que esse evento fosse marcado pela vontade de fazer bem feito para um povo que merece mais do que uma festa; merece um show de Ação de Graças pela vida, única festa que não pode acabar.
Ninguém queria, mas acabou o XXIV TORNEIO LEITEIRO DE ALAGOA! Fizeram tudo o que puderam os nossos chefes; o Exmo. Sr. Sebastião Mendes Pinto Neto, nosso mui digno Prefeito Municipal e o Exmo. Sr. João Benedito Mendes, nosso caro Vice-Prefeito que não mediram esforços para que tudo saísse como saiu: um evento pacífico, de alta qualidade e que tem a marca do trabalho de uma EQUIPE empenhada em fazer desta, uma administração transparente, ousada e carimbada sempre pela competência e pela “ECONOMIA”, o que valeu também troféu ao Sr. Prefeito.
Parabéns a Alagoa! Parabéns à Prefeitura Municipal em seus poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, parabéns a todo alagoense que com sua alegria, trabalho e presença contribuiu para a grandeza que se alcançou neste evento. Em nome de todos os elementos da atual administração, MUITO OBRIGADO a todos que contribuíram e/ou que aqui estiveram prestigiando Alagoa e seu Torneio Leiteiro.
Fonte: Maria Aparecida - Secretária Municipal de Turismo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget