2013/03/29

Minas Gerais dá início à fiscalização integrada das divisas do Estado

Teve início na noite desta terça-feira (26.03) uma operação de fiscalização integrada das divisas de Minas Gerais que será, a partir de agora, realizada rotineiramente não apenas nas áreas limítrofes do Estado, mas também na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Nesta primeira ação, a operação Divisas Seguras fiscalizou 35 pontos de rodovias estaduais e federais, em regiões de divisa de Minas Gerais com os Estados de São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul. As fiscalizações continuam nesta quarta-feira (27.03). Fazem parte da ação integrada a Secretaria de Estado de Defesa Social, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Receita Estadual, Receita Federal e Polícia Rodoviária Federal. A atuação conjunta de abordagem e fiscalização tem como objetivo realizar operações preventivas e repressivas em pontos estratégicos das estradas que contornam Minas Gerais, a fim de flagrar a entrada de drogas, explosivos, armas, veículos roubados, entre outros materiais ilícitos no Estado. Nesta primeira operação, foram realizadas duas prisões por tráfico de drogas, uma prisão por embriaguez ao volante e uma por transporte irregular de pescado, além de 1kg de maconha e 1kg de crack apreendidos. Segundo a secretária adjunta de Defesa Social, Cassia Virgínia Serra Teixeira Gontijo, operações como essa continuarão acontecendo frequentemente. “É de fundamental importância a presença do Estado nas áreas limítrofes de Minas Gerais, para garantir uma fiscalização contínua e eficaz”, ressaltou a secretária. Na noite de terça-feira, foram apreendidos ainda um caminhão e uma gaiola, e um veículo foi retido. A Polícia Rodoviária Federal também autuou um ônibus que trafegava irregularmente. As ações da operação Divisas Seguras continuam nesta quarta-feira (27.03), a partir das 19h, próximas aos seguintes municípios: Delta, Uberaba, Planura, Iturama, Carneirinho, Uberlândia, Fronteira, Santa Vitória e Araguari, no Triângulo Mineiro; Iraí de Minas, Sacramento, Monte Carmelo e Patos de Minas, no Alto Paranaíba; Monte Sião, Jacutinga, Extrema, Paraisópolis, Delfim Moreira, Passa-Quatro, Capetinga, Poços de Caldas, Poço Fundo, São Sebastião do Paraíso, Arceburgo e Campos Gerais, no Sul de Minas; e Unaí, Buritis, Cabeceira Grande, Paracatu e Guarda-Mor, no Noroeste de Minas.

Polícia Ambiental da Cidade de Aiuruoca realiza Palestra, caminhada ecológica e plantio de cinquenta mudas de árvores nativas em Seritinga/MG.

No dia 27 de março, na cidade de Seritinga/MG, o 4º Grupo de Polícia Ambiental da Cidade de Aiuruoca realizou na Escola Municipal Professora Mary Vieira Ribeiro de Souza uma palestra sobre a “Importância da Água” e da “Preservação da Área de Preservação Permanente”. Posteriormente ocorreu uma “Caminhada Ecológica” com saída da escola até próximo ao trevo da rodovia BR 267, caminhada esta que contou com aproximadamente 100 pessoas entre alunos, pais de alunos, professores e a diretoria da referida escola. Para abrilhantar o evento, esteve presente em toda a caminhada o Ilmo. Sr. Prefeito Municipal de Seritinga, Baruc Sebastião Landim. Contamos também com o nosso convidado da Copasa, o encarregado Kleber de Carvalho Silva da cidade de Carvalhos que com o veículo “pipinha” serviu água aos participantes durante todo o trajeto. Foi realizado o plantio de cinquenta mudas de árvores nativas nas proximidades de uma das nascentes que abastece o município. Este evento contou com a presença da Sra. Amélia de Cássia C. Pereira, engenheira da EMATER/MG que ensinou os presentes a forma correta para o plantio das referidas mudas de árvores falando sobre adubação e cuidados posteriores. O 4º Grupo de Polícia Ambiental da Cidade de Aiuruoca agradece a parceria com a Prefeitura Municipal de Seritinga, a todos que ajudaram na realização e também os participantes do evento. A Polícia Militar Rodoviária de Caxambu, representada pelos militares 3º Sgt PM Luiz Carlos e Cb PM Paulo Roberto juntamente com o destacamento PM de Seritinga representada pelos militares Cb PM Afonso, Sd Demétrius e Sd Castro garantiram ainda mais segurança aos participantes, a qual foi de suma importância. Na foto:Equipe organizadora do 4º Grupo de Polícia Ambiental da Cidade de Aiuruoca: Sgt Rogério, Cb Alex e Sd Erasmo.

2013/03/22

DROGARIA AMERICANA DE CONCEIÇÃO DO RIO VERDE SEMPRE BRILHANDO COMO DESTAQUE DO ANO. NA FOTO COM DIPLOMA DE 2012 ENTREGUE PELO JORNAL SUL MINEIRO. ATENDIMENTO ESPECIAL AO CLIENTE É O LEMA DESTA CONCEITUADA EMPRESA.

Agência bancária é assaltada no Centro de Machado, MG

Quatro suspeitos entraram armados e renderam os funcionários. Foi levado dinheiro do cofre, mas ainda não há informações sobre valores. Uma agência bancária foi assaltada na manhã desta quinta-feira (21) no Centro de Machado (MG). De acordo com a Polícia Militar, quatro homens armados entraram no banco do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) por volta das 10h, armados, e renderam os funcionários. Segundo as primeiras informações da PM, eles levaram dinheiro que estava no cofre do banco, mas ainda não se sabe a quantia levada. Em seguida, eles fugiram em um carro cinza sentido Alfenas (MG). Ninguém ficou ferido. O atendimento na agência foi suspenso até que a Polícia Civil conclua a perícia no local. FONTE: G1 SUL DE MINAS

Falta de aprovação da Anac adia retomada de voos em Varginha, MG

Operações deveriam ter voltado nesta quinta-feira (21). Expectativa é de que adequações sejam feitas até o próximo dia 1º de abril. Sem a aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), os voos comerciais do aeroporto de Varginha (MG) continuam suspensos. A previsão de retomada seria nesta quinta-feira (21), mas foi adiada pela segunda vez. Segundo a Anac, a liberação não foi dada porque o aeroporto ainda tem restrições, principalmente na infra-estrutura. As soluções para estes problemas precisam ser apresentadas para que os voos, suspensos há um mês, sejam liberados. Mesmo com o novo angar de embarque e desembarque, o aeroporto está vazio. A empresa Azul – Trip, que opera no local, não tem autorização para pousos e decolagens. Os funcionários continuam trabalhando e aguardam uma definição para o problema. Quem sofre com a indefinição são as pessoas que precisam dos voos, como é o caso do empresário Breno Palhares. “Eu trabalho com exportações e agora preciso encontrar alternativas para driblar a falta de voos regulares”, comentou. Segundo o diretor do aeroporto, Rogério Evaristo, um problema no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), impede os voos. “A nota divulgada pela empresa Azul-Trip inclui voos para Campinas e Resende (RJ), mas neste último aeroporto, algumas obras impedem que a rota seja cumprida”, disse. Falta de aprovação da Anac adia retomada de voos em Varginha (Foto: Reprodução EPTV) Por e-mail, o aeroporto de Resende informou que as atividades para pouso e decolagem estão normais. Segundo os administradores, não há nenhum impedimento nas condições da pista. Já a companhia aérea disse que as operações em Varginha serão retomadas assim que o pedido de horários de transportes for aprovado pela Anac. A assessoria de imprensa da Azul-Trip afirmou que os voos devem ser retomados a partir do dia 1º de abril. FONTE: G1 SUL DE MINAS

Gestores de escolas estaduais sul mineiras recebem capacitação sobre Caixa Escolar

No período de março a abril, 74 escolas estaduais da jurisdição da Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Pouso Alegre recebem capacitação sobre a nova resolução da Caixa Escolar - SEE/MG 2245/2012. A Caixa Escolar tem o objetivo de gerenciar os recursos financeiros necessários para a realização do processo de educação escolar. A diretora financeira da SRE Pouso Alegre, Thaís Camargo Oliveira, é a responsável pelas capacitações, que serão divididas em quatro ocasiões para atender aos presidentes da Caixa Escolar, os presidentes da Comissão de Licitação, tesoureiros e assistentes técnicos da Educação Básica (ATB). Com a capacitação, eles poderão executar suas atividades nas escolas de acordo com a nova resolução. Desta vez, a atividade está sendo realizada nos dias 21 e 22 de março, no polo Pouso Alegre, para as escolas estaduais dos municípios de Borda da Mata, Pouso Alegre, São Sebastião da Bela Vista e Tocos do Moji. Já as escolas de Bom Repouso, Camanducaia, Cambuí, Córrego do Bom Jesus, Extrema, Itapeva, Munhoz, Senador Amaral e Toledo serão capacitadas no período de 25 a 26 de março, no polo Camanducaia. A terceira capacitação está marcada para 3 e 4 de abril, no polo Ouro Fino, para as escolas de Albertina, Inconfidentes, Jacutinga, Monte Sião e Ouro Fino. E por fim, receberão a capacitação novamente no polo Pouso Alegre, nas datas de 8 e 9 de abril, as escolas das cidades de Congonhal, Ipuiuna, Senador José Bento, Silvianópolis, São João da Mata, Espírito Santo do Dourado, Bueno Brandão, Estiva, Cachoeira de Minas, Santa Rita do Sapucaí, Heliodora e Careaçu.

2013/03/19

Programa do Estado beneficiará mais de 120 mil estudantes das redes municipais de cidades do Sul de Minas

Secretaria de Educação de Minas vai capacitar, a partir desta quarta (20-03), educadores das redes municipais para expandir o Programa de Internveção Pedagógica O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado no ano passado mostrou que a rede pública estadual mineira é a melhor do país nos anos iniciais, tendo alcançado índice 6,0. O principal instrumento que fez com que a rede estadual se consolidasse como a melhor na etapa inicial da educação básica foi o Programa de Intervenção Pedagógica (PIP), que a partir desta semana será expandido para as redes municipais de 842 cidades do Estado. No polo Sul de Minas, a capacitação da equipe que trabalhará no PIP Municipal começa nesta quarta-feira (20-03), em Varginha, e vai reunir mais de 300 educadores de 158 municípios da região que aderiram ao Programa. A capacitação, que acontece entre os dias 20 e 22 de março, reunirá representantes das cidades que integram as Superintendências Regionais de Ensino de Campo Belo, Caxambu, Itajubá, Passos, Poços de Caldas, Pouso Alegre, São Sebastião do Paraíso e Varginha. As equipes municipais do Programa, nessa região, vão atuar em 787 escolas e beneficiar cerca de 123 mil estudantes. As equipes municipais do PIP trabalharão com os anos iniciais do ensino fundamental, 1º ao 5º ano, fase na qual o estudante desenvolve e consolida as habilidades de leitura e escrita e todo o conhecimento que o prepara para o restante da educação básica. A Secretaria de Estado de Educação ofereceu às prefeituras toda metodologia para a implantação do Programa, incluindo, além de capacitações, material de apoio. Cada secretaria municipal de educação ficou responsável por definir os profissionais que vão atuar no Programa nas escolas municipais. Capacitações no Estado Entre os dias 18 e 27 de março, serão capacitados 1.750 educadores das equipes municipais do PIP dos 842 municípios. As capacitações acontecem em seis diferentes polos no Estado: Centro, Vale do Aço, Zona da Mata, Sul, Norte e Triângulo. Com o PIP municipal, cerca de 850 mil estudantes de escolas municipais em todas as regiões do Estado serão beneficiados. No total, mais de 6,7 mil escolas municipais em todo o estado vão contar com o programa a partir da capacitação das equipes. Acompanhamento e resultado Criado em 2007, o PIP realiza um trabalho permanente de visitas e acompanhamento nas escolas estaduais para orientar o plano pedagógico, propor estratégias de intervenção, apoiar pedagogicamente os professores e alunos e, assim, garantir a qualidade do ensino. Com o Programa, as escolas da rede estadual conseguiram elevar consideravelmente a qualidade da alfabetização dos estudantes das escolas estaduais mineiras. De acordo com os números do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa), em sete anos — de 2006 a 2012 — o percentual de estudantes que sabem ler, escrever, interpretar e fazer síntese em um padrão considerado recomendável praticamente dobrou. Em 2006, eram 48,65%, já em 2012 esse percentual foi de 87,3%. O índice entre estudantes de redes municipais foi de 73,6% no ano passado. O bom desempenho apontado pelo Proalfa na rede estadual é confirmado pelo resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), ano base 2011, apurado pelo Ministério da Educação (MEC). Minas Gerais é, entre as redes estaduais brasileiras, a unidade da federação que está em 1º lugar nos anos iniciais, com Ideb 6,0, ultrapassando a meta estabelecida para a rede estadual em 2011, de 5,7. Em 2007, esse índice era de 4,9. O índice 6 do Ideb é considerado pelo Ministério da Educação como referência em países desenvolvidos, sobretudo daqueles que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Novas etapas da intervenção Desde que foi criado, o PIP atuou de forma intensa nos anos iniciais do ensino fundamental das escolas estaduais. Devido aos bons resultados apresentados nos últimos anos, o Programa foi ampliado em 2012 para os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º anos) nas escolas estaduais. Atualmente, a equipe do PIP conta com mais de 2,3 mil profissionais, que atuam tanto no órgão central da Secretaria, em Belo Horizonte, quanto nas sedes de cada uma das 47 Superintendências Regionais de Ensino. Esses educadores visitam as escolas, trabalham com os diretores e gestores escolares, visitam as salas de aula, identificam alunos de baixo desempenho e trabalham com eles. O acompanhamento das escolas acontece de acordo com a necessidade. Escolas que apresentam resultados mais baixos nas avaliações educacionais, por exemplo, recebem um acompanhamento mais frequente, com visitas semanais, enquanto aquelas que já conseguiram alcançar índices mais altos são visitadas em períodos mais espaçados. Só em 2012, foram feitas quase 50 mil visitas de profissionais da educação em escolas da rede estadual. Só na rede estadual, o PIP já beneficia cerca de 1,3 milhão de estudantes em mais de três mil escolas. Com a expansão do PIP para escolas das redes municipais, outros 850 mil estudantes serão beneficiados. Serviço: Expansão do Programa de Intervenção Pedagógica (PIP) para as redes municipais de ensino - Capacitação dos agentes municipais do PIP Municipal no polo Sul de Minas Data: 20 22 de março de 2013 Local: Faculdade de Direito de Varginha – Rua José Gonçalves Pereira, nº 112. Bairro Vila Pinto. Varginha Horário: A partir das 8h
Encontro de produtores de quartzito discute regularização da cadeia produtiva na região sul mineira Há cerca de dois anos, várias pedreiras da região sul mineira foram fechadas pela Polícia Federal por crimes ambientais e extração ilegal de minérios. O fato chamou a atenção, principalmente porque é um dos setores que mais emprega trabalhadores, sobretudo nas cidades de São Thomé das Letras, Alpinópolis, Luminárias e Guapé. Para resolver essa situação, o prefeito de Luminárias Arthur Maia Amaral solicitou ao Secretário Estadual de Meio Ambiente Adriano Magalhães, uma reunião com empresários da cadeia produtiva de quartzito, em que será discutida a criação de uma força-tarefa para a regularização minerária e ambiental das pedreiras. “Essa iniciativa não tem o objetivo de punir os empresários, mas orientá-los quanto à formalização das empresas e em relação ao meio ambiente”, diz o prefeito de Luminárias. Como o extrativismo emprega um número grande de trabalhadores, a ideia é melhorar as condições de vida dos extratores e dos empresários por meio de práticas legais. Adriano Magalhães, Secretário de Estado de Meio Ambiente, estará na reunião acompanhado de Maria Lúcia Pinto, Subsecretária de Gestão de Regularização Ambiental Integrada, e de Celso Luiz Garcia e Alcimar de Melo, superintendente do estado e chefe do escritório regional, respectivamente, do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). O deputado estadual Ulysses Gomes também vai estar no encontro, que reúne prefeitos, vereadores e empresários das cidades que extraem quartzito. O encontro acontece no dia 22 de março, às 10h, na Escola Municipal Francisco Diniz, na Praça Nossa Senhora do Carmo, no centro de Luminárias.

Circuito Mineiro de Cafeicultura começa nesta quarta-feira, dia 20, em Andradas

Evento realizado pela Emater-MG, Ufla e outros parceiros deverá debater o preço do café Começa nesta quarta-feira, dia 20 de março, em Andradas, Sul de Minas, o Circuito Mineiro de Cafeicultura 2013. Como em outros anos, o circuito vai percorrer diversos municípios do Estado para debater questões de interesse dos produtores envolvidos com a atividade cafeeira. O baixo preço do café no mercado deverá permear as discussões, além de informações sobre manejo da cultura e novas tecnologias para a cafeicultura. Para tanto, a iniciativa fará uso de recursos tais como: palestras, oficinas, dias de campo e exposição de maquinário, entre outras ações próprias de cada município. O Circuito Mineiro de Cafeicultura é uma realização da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e Universidade Federal de Lavras (Ufla), em parceria com outras instituições públicas e privadas. “Um dos objetivos do Circuito é estreitar as relações de toda a cadeia produtiva do café, com a tentativa de melhorar a rentabilidade para todos. Isso desde o produtor até o consumidor, para que este tenha um melhor produto”, explica o gerente da regional Emater-MG de Lavras, Marcos Fabri. Segundo ele, serão debatidos assuntos técnicos e conjunturais, como o atual preço do café arábica. “O preço do produto caiu no mercado mundial, por isso vamos discutir como podemos contribuir na redução racional de custos de produção e conduzir propriedades cafeeiras em época de crise”, informa. Segundo o coordenador técnico estadual de Cafeicultura da Emater-MG, Marcelo Felipe de Pádua, este é mesmo um assunto que deverá movimentar os debates do Circuito Mineiro de Cafeicultura de 2013. Para o técnico, o cenário da cafeicultura é preocupante, pois a próxima safra (2013/2014) vai começar em maio e ainda há muito café em estoque da safra anterior (2012/2013), que precisa de ser comercializado. “Se a saca de café continuar no patamar de R$ 300 reais nos próximos meses, seria até uma solução tranquilizadora, mas o que se prevê é que vamos ter uma grande safra. A Conab estima em 48 milhões de sacas. Então estamos aguardando a entrada desta nova safra, mas ainda temos 40% de café estocado da safra anterior. Isso é um dos fatores que está pressionando as cotações do café para baixo”, avalia. Sobre a importância do Circuito de Cafeicultura, Marcelo Felipe acentua a capacidade de o evento levar a tecnologia da pesquisa ao produtor de uma forma mais rápida, sem descuidar do aspecto de levantar demandas e necessidades dos produtores. “Normalmente a gente reúne 12 mil produtores por ano, então, se a gente fosse conversar com todos eles para levantar gargalos e demandas da atividade, demoraria muito. Com o circuito temos condições de fazer esse trabalho mais rápido e levar ao conhecimento das autoridades competentes, das demandas e gargalos, de uma forma mais objetiva”, argumenta. Segundo o coordenador, o preço do café está em queda desde 2011, quando a saca de 60 quilos que era de R$ 500 começou a cair, estando atualmente em torno de R$ 300, valor que “não cobre o custo de produção”, afirma. Só na região Sul, o Circuito Mineiro de Cafeicultura está programado para acontecer em 20 etapas, oito a mais que as do ano passado. Na ocasião, o Circuito teve um público aproximado de cinco mil participantes. Para este ano, a expectativa é de sete mil pessoas, segundo o gerente da Emater-MG. Marcos Fabri admite que mais municípios demandaram a inclusão deles no roteiro da edição 2013, mas não foi possível atender a todos. “A demanda era até maior, mas por questões operacionais, fechamos em 20 etapas”, explica. Conforme Fabri, o circuito é aberto a agricultores familiares, técnicos, produtores médios e grandes, lideranças da cafeicultura, ligadas aos sindicatos rurais, Conselhos de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), associações e cooperativas, além de lideranças públicas municipais como prefeitos e vereadores. Programação da 1ª etapa Em Andradas, a primeira etapa do Circuito acontecerá no Clube da Icasa, na avenida Ricarti Teixeira, na saída para o município paulista de Espírito Santo do Pinhal, no horário de 8h às 14h. Além das palestras técnicas, a programação prevê a exposição de máquinas, tratores e equipamentos para a atividade cafeeira; palestra sobre a saúde do trabalhador, com a medição de pressão arterial e a realização de exames de glicemia; e ainda, uma mostra de artesanato em fibra de taboa. Minas Gerais é o maior produtor nacional de café com 50% da produção do país, segundo os últimos dados do IBGE, levantados em 2011. São 1,34 milhão de toneladas do grão, em 1,03 hectares de área plantada. Toda a produção brasileira soma 2,70 toneladas em 2,15 hectares de área. Já em Andradas, a produção de café é de 250 mil sacas por ano, em 7.700 hectares de área em produção. Outros 1.480 hectares de café estão em formação no municipio, segundos dados do escritório local da Emater-MG. Para a Safra 2013/2014 a previsão é de 48 milhões de sacas no país. Desse total, Minas Gerais deverá contribuir com 24 milhões de sacas. Ainda sobre o café mineiro, outro dado importante é que 50% da produção do Estado vem da região Sul, sendo que, 80% dos cafeicultores locais são agricultores familiares, segundo o gerente regional de Lavras. “Esses agricultores têm em média até 50 hectares de área total na propriedade, sendo até 10 hectares de lavoura de café”, informa Marcos Fabri. Assessoria de Comunicação da Emater-MG

2013/03/14

CANTORA EVANGÉLICA SORAYA MORAES ESTARÁ PELA PRIMEIRA VEZ NO SUL DE MINAS. NO CONGRESSO E MARCHA PARA JESUS NOS DIAS 13 E 14 DE JULHO DE 2013. REALIZAÇÃO " CONSELHO DE PASTORES DE BAEPENDI"

Escritor de Delfim Moreira é premiado pelo Estado .

Rodeado por um cenário rural e mineiro, Alex Sens Fuziy é uma exceção no país em que cada pessoa lê cerca de quatro livros por ano, segundo o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Aos 24 anos e rodeado pelos livros, ele comemora o recém-conquistado prêmio do Governo de Minas na área da literatura e se preparara para a publicação do primeiro romance: ‘O Frágil Toque dos Mutilados’. Da cidade de Delfim Moreira (MG), o escritor conta que inspira-se no cenário regional para criar e anuncia que o novo livro deve ficar pronto até junho deste ano, quando serão pagos os R$ 42 mil referentes ao prêmio. “Aqui é um ambiente perfeito para um escritor. É bonito, o que traz muita inspiração”, comentou. Com 40 contos, 30 poemas e um livro já publicado, o escritor conta como surgiu a inspiração para o romance. “Depois que eu vi o filme ‘Margot e o Casamento’, um longa que conta a história de duas irmãs que vivem afastadas por terem personalidades muito diferentes tive ideias para a criação dos personagens e roteiro para o livro”, disse. E embora não tenha terminado o próximo romance, Alex já imagina como serão os capítulos seguintes da própria vida. “Nos próximos anos quero escrever mais livros, publicá-los e viver da minha literatura”, destacou. Fonte; G1Sul de Minas

São Bento do Abade e São Thomé das Letras vão receber o Mutirão da Cidadania esta semana

Moradores de São Thomé das Letras e São Bento do Abade, no Sul de Minas, que ainda não possuem carteira de identidade, vão poder tirar o documento gratuitamente. Isso por que as duas cidades vão receber o Mutirão da Cidadania esta semana. Em São Thomé das Letras os interessados devem se dirigir, nesta sexta (08/03), ao Centro de Eventos na av. Thomé Mendes Peixoto s/nº. A população de São Bento do Abade deve procurar, neste sábado (09/03), o Centro de Referência e Assistência Social (Cras), que fica na Rua Delcides Ferreira da Silva, 137 e a Prefeitura, na Travessa Odilon Gabden, 100. O horário de atendimento será entre 8 e 16 horas. Além da carteira de identidade serão emitidos outros documentos como carteira de trabalho, habilitação ao seguro desemprego, certidão de nascimento, certidão de casamento e certidão de óbito. Mutirão de 2013 Outros 38 municípios mineiros vão ser beneficiados pelo Mutirão da Cidadania até agosto deste ano: Abadia dos Dourados, Barra Longa, Campo Azul, Candeias, Carlos Chagas, Conceição do Mato Dentro, Diogo de Vasconcelos, Dom Joaquim, Frei Lagonegro, Gonzaga, Guaraciaba, Ibiaí , Icaraí de Minas, Iraí de Minas, Ibituruna, Jequeri, Lagoa dos Patos, Lagoa Formosa, Lagoa Grande, Malacacheta, Materlândia, Oratórios, Orizânia, Peçanha, Pintópolis, Ponto Chique, Presidente Olegário, Rio Paranaíba, Santa Fé de Minas, Santana do Manhuaçu, São Francisco de Paula, São João do Pacuí São José do Jacuri , São Romão, São Sebastião do Maranhão, Simonésia e Tiros. Ação pela Cidadania O Mutirão da Cidadania é uma ação do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), em parceria com a Polícia Civil e o Sindicato dos Oficiais do Registro Civil das Pessoas Naturais/MG. A ação faz parte de um dos cinco eixos do Projeto Travessia Renda, integrante do Programa Travessia, que visa promover a inclusão social e produtiva da população mineira com atuação na empregabilidade do trabalhador e oportunidades de geração de renda, por meio da educação profissional, elevação de escolaridade, emissão de documentos e apoio à gestão municipal nas políticas de trabalho, emprego e renda. O Mutirão da Cidadania teve início em 2012 e, até agora, foram emitidos mais de 19 mil documentos em 41 cidades do Estado.

2013/03/07

BRUNO DIAS ORGULHO DE BAEPENDI , CHEGOU NO CERRO ACONCÁGUA NA ARGENTINA. PARABÉNS BRUNO PELA GRANDE CONQUISTA.

Cerro Aconcágua - Argentina. Expedição 360cº - Aventura e Ação. Maior montanha das Américas. Passo a passo até o cume em 89 km.NO FOTO BRUNO COM A BANDEIRA DE BAEPENDI EM SUA CONQUISTA

2013/03/06

Lobo-guará é capturado em fazenda em Carmo da Cachoeira, MG

Ele foi encontrado dentro de fosso de uma secadora de café. Animal não estava ferido; Bombeiros levaram cerca de 4h para resgate. Um lobo-guará foi capturado em uma fazenda em Carmo da Cachoeira (MG) nesta terça-feira (5). O Corpo de Bombeiros foi acionado, que encontrou o animal dentro de um fosso da secadora de café da fazenda. Ele teria caído no local na segunda-feira (4). Os bombeiros levaram cerca de 4h para resgatar o lobo. Ele não estava ferido e foi encaminhado aos cuidados da Polícia Militar do Meio Ambiente. O lobo-guará é uma espécie da fauna brasileira e está ameaçado de extinção. Logo-guará é capturado em fazenda no Sul de Minas (Foto: Corpo de Bombeiros) Do G1 Sul de Minas

Mulher e andarilho morrem atropelados no Sul de MG

Mulher atravessava avenida quando foi atingida em Carmo de Minas. Na BR-354, motorista não conseguiu parar quando viu andarilho na pista. Carmo de Minas Uma mulher morreu atropelada na noite deste sábado (2) em Carmo de Minas (MG). De acordo com o Corpo de Bombeiros, Maria Aparecida Correa, de 49 anos, atravessava a Avenida Francisco Dias de Castro, no Centro da cidade, quando foi atingida por um Fiat Uno por volta das 23h. Ela morreu no local. Pouso Alto Um andarilho morreu atropelado na madrugada deste domingo (3) na BR-354 em Santana do Capivari, distrito de Pouso Alto (MG). Segundo a Polícia Rodoviária Federeal, o motorista disse que o andarilho teria surgido, de repente, no meio da pista e ele não conseguiu desviar a tempo. O andarilho, que é de São Lourenço (MG), é conhecido com Merengue, mas não tinha documentação. O corpo dele foi encaminhado para o IML de São Lourenço. Do G1 Sul de Minas

Caixa d´água cai de construção e mata trabalhadores em São Lourenço

Dois homens foram esmagados pelo reservatório, que caiu de sete metros. Vítimas trocavam pneu de carro quando foram atingidas. Dois homens morreram esmagados por uma caixa d´água industrial no início da tarde desta segunda-feira (4) na Rua XV de novembro, no Centro de São Lourenço (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, os homens trabalhavam no local quando a caixa cedeu de uma altura de aproximadamente sete metros e caiu sobre os homens. A estrutura também caiu sobre um veículo. Ainda de acordo com os bombeiros, os primos Wellington Ferreira dos Santos, de 25 anos e Anderson Ribeiro, de 20, trabalhavam em uma obra em um antigo hotel. Eles estavam debaixo de um toldo, trocando o pneu de um carro quando a caixa desabou. Quando os bombeiros chegaram, as vítimas já estavam mortas. Um terceiro trabalhador conseguiu escapar do acidente. Ainda conforme os bombeiros, ainda não se sabe o que pode ter causado o acidente. Segundo testemunhas, a caixa d´água havia sido instalada em novembro de 2012 e esta segunda-feira seria o primeiro dia em que ela estava sendo utilizada. A perícia da Polícia Civil foi acionada e isolou o local. Fonte: G1 Sul de Minas (Foto: Rogério Brasil / Opopular.net)

2013/03/05

EMATER

De 05 a 08 de março, o presidente da Emater-MG, José Ricardo Ramos Roseno, visitará sete municípios de Minas Gerais, onde tomarão posse os novos gerentes Regionais da Empresa. Na terça-feira, dia 05, o presidente irá à Guaxupé e Alfenas; na quarta-feira, dia 06, à Curvelo, na quinta-feira, dia 07, à Diamantina e Capelinha e na sexta, dia 08, Roseno estará em Teófilo Otoni e, em seguida, em Almenara. Além da posse dos novos gerentes, o presidente pretende tratar sobre a renovação dos convênios com prefeituras. “A nossa meta é universalizar a extensão rural, levá-la a todos os municípios de Minas. Estamos dispostos a negociar, para que os escritórios que foram fechados sejam reabertos, e para que os municípios que ainda não são atendidos pela Empresa passem a ser”, explica Roseno. O presidente da Emater-MG também ressalta que o compromisso da Empresa é oferecer um serviço de assistência técnica e extensão rural de qualidade, gerando resultados concretos para a sociedade, em especial para os agricultores familiares. Para tanto, a Empresa já começou o redesenho dos setores; a revisão do planejamento estratégico, pensando na Emater daqui há quinze anos; e intensificará a utilização de ferramentas de gestão, que são importantes para a tomada de decisão em tempo hábil para a Emater-MG. Sobre as mudanças de gestão, Roseno explica que a Empresa buscou a composição de uma equipe de gestão tecnicamente preparada para atuar com eficiência na implementação de políticas públicas que assegurem a promoção do desenvolvimento rural sustentável em Minas Gerais. “As mudanças de profissionais dos cargos de gestão foram realizadas primando pelo respeito, reconhecimento e cordialidade. As escolhas se basearam emcritérios técnicos e se deram com o único propósito de assegurar mais qualidade ao serviços prestados pela Emater-MG”, comenta o presidente, que ainda acrescenta que as mudanças são importantes para oxigenar a gestão na Empresa. De acordo com Roseno, o desafio desta gestão é promover a Ater para o desenvolvimento sustentável. “Resgataremos o papel de orientação tecnológica de nossos colegas extensionistas, priorizando a adoção de indicadores socioeconômicos e ambientais, para a adequação de propriedades rurais. Ou seja, trabalharemos a organização para a gestão coletiva de projetos de desenvolvimento rural sustentável, sem perder o foco no desenvolvimento da unidade produtiva e dos agricultores familiares”, explica o presidente. Assessoria de Comunicação da Emater-MG Giordanna Meirelles

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA

National Geographic POD