2011/06/06

ALAGOA GELADA

Geada caiu em Alagoa em manhã junina

Você já deve ter ouvido falar em Lagoa Dourada, Lagoa da Prata e Lagoa Grande. São algumas das cidades que levam “lagoa” no nome. E Alagoa Gelada, já ouviu falar?

Pois bem, mas foi assim que Alagoa ficou hoje cedo: gelada!

O frio chegou de mansinho em Maio. No Bairro do Garrafão começou a gear no fim do mês passado. O mês de Junho apresentou geada também no bairro do Moinho e Morro e demais bairros rurais.

Entretanto, nesta sexta manhã junina “o frio foi de lascar” como disse Júlio Monteiro, que registrou o fenômeno no Bairro do Rio Acima durante hoje cedo, quando fazia 0º. Isso mesmo: zero grau.

No sítio Corguinho, no bairro de mesmo nome, “a água congelou dentro de um tanque” diz o proprietário Sr. Lourenço Martins.

Quem deixou os carros estacionados nas ruas ficou surpreso, pois a geada foi tão forte que formou uma camada de gelo em cima dos veículos.

Renê Magela, que levanta todo dia cedo para tirar leite, ficou espantado com o que viu no Chambote: uma espessa camada de gelo nos troncos das árvores.

Numa poesia de Osvaldo Filho sobre a história de Alagoa há versos que dizem assim:
“Assim nasceu Alagoa,
Essa terra danada de boa
Onde desce a garoa
E a geada não cai à toa.”

Na Serra dos Borges não foi diferente: “Muita geada” diz Gisvane Mendes. Olhando para o céu de poucas nuvens e com um vento insistente os mais velhos e experientes garantem: vai gear novamente amanhã!

Sendo assim, amanhã é o dia ideal para descobrir o significado da palavra encarangado. Para quem não sabe, a expressão comumente utilizada em Alagoa significa estar ou sentir muito frio.
Fonte: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA

National Geographic POD