2014/06/06

CAXAMBU RECEBEU VISITA DO MINISTRO DE AVIAÇÃO CIVIL MOREIRA FRANCO E EX-GOVERNADOR E DEPUTADO FEDERAL NEWTON CARDOSO. FICOU APROVADO A AMPLIAÇÃO E REFORMA GERAL DO AEROPORTO DE CAXAMBU. VEJAM NA FOTOS ABAIXO:

Na tarde da sexta feira, Caxambu viveu um momento especial com a presença do Ministra da Aviação Civil Moreira Franco e do Ex-Governador e Deputado Federal Newton Cardoso, grande amigo da cidade, que juntos anunciaram de forma definitiva, em fase final dos projetos, a ampliação e reforma geral do aeroporto de Caxambu, que será transformado num moderno aeroporto regional. Estavam presentes também o Prefeito Municipal e outras autoridades da região e também de Caxambu. A palavra é que tudo aconteça o mais rápido possível, pois o Ministro Moreira Franco disse que não cabe mais promessa e sim fatos concretos, como já é o aeroporto de Caxambu.
O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República Moreira Franco esteve nesta quinta-feira em Caxambu e confirmou a obra de ampliação e adequação do aeroporto regional da cidade.
Acompanhado do Deputado Federal Newton Cardoso, que quando Governador de Minas executou a construção deste mesmo aeroporto, o Ministro garantiu os recursos e a execução das obras dentro do Programa de Investimentos em Logística para a Aviação Regional.
O encontro aconteceu no Palace Hotel, com presença de lideranças da região, entre empresários, políticos e jornalistas, que acompanharam o anúncio.
O Prefeito de Caxambu, Jurandir Belini, que veio de Brasília junto com o Ministro no avião da Secretaria, recepcionou a todos agradecendo a presença e falando do sonho do caxambuense em ter o aeroporto operando para receber mais turistas e visitantes.
O Deputado Federal Newton Cardoso falou a todos de sua antiga relação de amizade com Caxambu, lembrou de obras e benefícios que já trouxe a cidade e destacou que garantir a ampliação e adequação do aeroporto é questão primordial em seu plano de atuação. Disse que tem feitos grandes esforços junto a SAC para que a obra seja realizada e que a presença do Ministro deve ser comemorada por Caxambu como uma grande conquista.
Também falou aos presentes Sr. Pedro Azambuja, Presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Administração Aeroportuária, destacando a importância da aviação regional para o desenvolvimento econômico das cidades envolvidas.
Já o Ministro Moreira Franco falou dos investimentos em aviação civil que a Presidenta Dilma Rousseff vem realizando em seu governo como forma de integrar ainda mais o país. Disse que Caxambu está entre as prioridades, graças aos pedidos de Newton Cardoso e também ao trabalho do Prefeito Jurandir, que não tem medido esforços para conquistar este beneficio para sua cidade. O Ministro garantiu que um aeroporto regional, como será o de Caxambu trará mais desenvolvimento, com novas oportunidades de geração de negócios e consequente aumento do emprego e da renda nos diversos setores da região, especialmente o turismo.
Segundo Moreira Franco em duas semanas o Prefeito será chamado para uma reunião com técnicos da ANAC que vão definir os detalhes da obra. Faz parte do projeto a construção de um terminal de passageiros de 700 m², sistema de torre de controle, setor de combate a incêndios e demais necessidades de segurança e logística e se for necessário a ampliação da pista.
O encontro contou ainda com presença do vice-prefeito de Caxambu Beto da Nazira, do vice-presidente da Câmara de Vereadores Marcos Halfeld, do empresário Newton Cardoso Jr, da secretária de Assistência Social de Caxambu Néia Belini, do Prefeito de Itanhandu Joaquim do Milho, do Prefeito de Minduri José Ronaldo da Silva o Goiano, do Prefeito de Itamonte Ari Pinto Constantino dos Santos, da vice-prefeita de São Lourenço Patrícia Lessa, empresários, secretário municipais, convidados e representantes de diversas instituições regionais.

TEXTO: SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXAMBU

2 comentários:

  1. Além das obras básicas de infraestrutura, estação de passageiros + balizamento + bombeiros + raioX + comunicação etc

    Governo Federal e Estadual devem adotar as especificações de PISTA MÍNIMA para Construção de PISTAS REGIONAIS – Mínimo Requerido.

    1 - Para operação de Turboélices: 1.700m de comprimento, 30m de largura e resistência do piso para aeronaves de 29.000Kg. 1.700mx30m.

    2 - Para operação de Jatos: 2.200m de comprimento, 45m de largura e resistência do piso para aeronaves de 60.000kg. 2.200mx45m.

    3 - Construir pelo menos uma carta de aproximação e decolagem baseado em informações de GPS (voo por instrumento).

    Sem esses Mínimos os aviões não virão! Não adianta. Os modernos turboélices de 70 lugares não conseguem operar em pistas curtas.

    Saudações, Claudio Louzada.

    ResponderExcluir
  2. O Aeroporto e o GPS

    O empresário do setor também está sempre atento as condições meteorológicas da nova rota. Não é interessante, nem financeiramente rentável, ter a aeronave retida por fatores meteorológicos. Existe um planejamento diário sobre aquela aeronave. Ela precisa voar e assegurar um faturamento mínimo diário. Por isso faz parte do planejamento do novo aeroporto a confecção de uma carta de aproximação e pouso, e outra de decolagem, baseadas nas informações do GPS, sistema global de posicionamento dos Estados Unidos (USA). É a chamada operação por instrumento.

    As informações do GPS são livres para serem usadas e principalmente sem taxas e sem a manutenção caríssima dos antigos equipamentos afixados no solo do aeroporto. Simplesmente Livre! O GPS assegura a normalidade de operações de pouso e decolagem com sol ou chuva, durante o dia ou a noite. Com a entrada da constelação Europeia de GPS, o Galileu, o sistema triplicará sua eficiência operacional, igualando sua precisão ao ILS, Instrument Landing System, dos aeroportos internacionais. Aproximações de pouso serão efetuadas com teto de 60m, e futuramente apenas 30m acima da pista. Mesmo as cidades localizadas em vales ou em regiões montanhosas podem ter o seu aeroporto operando por instrumento. O sistema GPS já foi amplamente testado em aproximações, pouso e decolagem nas piores condições meteorológicas e topográficas do planeta como os aeroportos do Alaska. O sistema GPS nos aeroportos Não é o futuro, já é a realidade nos aeroportos do Brasil e do mundo!

    ResponderExcluir

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget