2011/07/30

Prefeitura descarta 1,3 milhão de medicamentos vencidos em Itajubá

Remédios venceram antes de chegar à população

Desde a semana passada, mais de um milhão e 300 mil medicamentos já foram descartados em Itajubá, no Sul de Minas. São remédios que deveriam ser entregues para a comunidade, mas que foram descartados porque estavam vencidos ou mal armazenados. Parte dos remédios vencidos ainda estão na Secretaria de Saúde de Itajubá. São cartelas de comprimidos inibidores de ácido úrico, usados para o tragamento da doença conhecida como "Gota". Eles venceram em março e maio deste ano. Segundo a lista, o total de remédios deste tipo que estão vencidos chega a 18 mil comprimidos.

A lista ainda apresenta outros 64 tipos de medicamentos que também não podem ser aproveitados. A maioria ainda está dentro do prazo de validade, mas foram armazenados de maneira incorreta. Entre eles estão pomadas, xaropes e comprimidos, a maioria para tratamento de hipertensão, alergia, entre outras doenças. Mais de 224 mil comprimidos de Metildopa 500g, usado para o tratamento de infecções ginecológicas, não foram aproveitados. De Furosemida 40mg, que é indicado para combater edemas pulomares e insuficiências cardíacas, foram mais de 231 mil remédios que venceram ou estavam mal armazenados.

A denúncia foi feita por um vereador da cidade e a prefeitura abriu uma sindicância para apurar as responsabilidades pelo desperdício. Os remédios que ainda podem ser utilizados agora ficam no 2º andar do mesmo posto de saúde. Muitas caixas ficam empilhadas, em contato direto com o chão. De lá, eles são distribuídos para a população na Farmácia Municipal.

Itajubá recebe por mês 144 tipos diferentes de medicamentos do governo do Estado. Os medicamentos vencidos deverão ser devolvidos ao fabricante, conforme portaria da Anvisa.FONTE: EPTV.COM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget