2015/02/08

Abastecimento de água pode entrar em colapso no Sul de Minas

Copasa diz que pelo menos 11 cidades estão em situação de escassez. Defesa Civil de Minas colocou 25 localidades em estado de emergência.

Pelo menos 11 cidades do Sul de Minas atendidas pela Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa) estão sob risco de sofrerem um colapso no abastecimento de água. O levantamento foi divulgado pela concessionária nesta sexta-feira (23), um dia depois de admitir que o estado vive uma crise hídrica, e medidas de restrição de consumo podem ser tomadas. Já a Coordenadoria de Defesa Civil de Minas Gerais informou que 25 municípios da região estão em estado de emergência e já adotam medidas de economia para evitar uma crise no abastecimento de água. O Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí apontou ainda outras três cidades com necessidade de intervenção imediata para evitar uma crise.
Correção: Diferente do que foi informado anteriormente, Ouro Fino não consta na lista de cidades que estão em racionamento de água. Segundo a Coordenadoria de Defesa Civil, foi informado de forma errada que esse município estaria nessa situação. A informação foi corrigida no texto às 11h49 desta segunda-feira (26).

saiba mais

Copasa admite situação crítica da água em MG e quer economia de 30% Moradores fazem 'vaquinha' de água para enfrentar estiagem em MG Rio Verde atinge pior nível em 40 anos para janeiro em Três Corações Segundo a Copasa, o risco de colapso indica que o sistema não tem mais condições de manter o abastecimento. Algumas manobras devem ser implementadas nos próximos dias para construir captações emergenciais.

As cidades atendidas pela companhia que estão em alerta máximo de desabastecimento na região são Campanha (MG), Campos Gerais (MG), Candeias (MG), Cristais (MG), Itamonte (MG), Lavras (MG), São José da Barra (MG) e São Tiago (MG).

São Gonçalo do Sapucaí (MG), Nazareno (MG) e Divisa Nova (MG) são apontadas pela Copasa como locais com problemas de abastecimento. Nesses municípios a captação já ultrapassou o limite do manancial.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí também divulgou um comunicado urgente em sua página na internet neste sábado (24) informando que, no trecho abrangido pela bacia, as cidades de Cachoeira de Minas (MG), Piranguçu (MG) e Piranguinho (MG) integram a lista dos locais onde há necessidade de intervenções imediatas.

Estado de emergência
Já a Coordenadoria de Estado de Defesa Civil de Minas Gerais publicou nesta sexta-feira (23) um decreto de emergência, que considera também localidades onde o serviço de abastecimento de água é autônomo. O decreto aponta que 11 municípios sulmineiros estão em estado de alerta, 13 enfrentam racionamento e um já adotou o sistema de rodízio.

O Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) deve apresentar na próxima semana uma análise da situação hídrica em Minas Gerais e pode autorizar aumento de tarifas de consumo e criação de multas.

Confira as cidades que estão em estado de emergência, segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais:

Alerta

Aguanil
Campo Belo
Cristina
Ijaci
Jesuânia
Lambari
Poços de Caldas
Senador José Bento
Silvianópolis
Soledade de Minas
Virgínia

Racionamento

Cambuí
Conceição das Pedras
Consolação
Dom Viçoso
Elói Mendes
Espírito Santo do Dourado
Luminárias
Marmelópolis
Passa Quatro
São João da Mata
São Sebastião da Bela Vista
São Sebastião do Rio Verde
Seritinga

Rodízio

Carmo de Minas

Do G1 Sul de Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget