2012/01/26

MONTE BELO: Erro faz polícia investigar morte de lavrador

Um erro cometido por dois hospitais fez com que o caso da morte de um produtor rural desse uma reviravolta em Monte Belo, na Região Sul de Minas Gerais. O homem, que supostamente teria morrido em um acidente, pode ter sido vítima de assassinato porque havia uma bala calibre 32 no crânio dele. O caso só foi descoberto depois que a família desconfiou e a polícia pediu a exumação do corpo. No atestado de óbito, consta a causa da morte por traumatismo craniano. Nos dois hospitais por onde o lavrador foi atendido, os médicos não perceberam que o projétil estava alojada na cabeça do paciente e, por isso, nada foi comunicado à polícia. O lavrador, de 36 anos, foi encontrado preso às ferragens de um trator no dia 11 de janeiro. O veículo caiu em uma ribanceira na estrada da zona rural de Monte Belo e a Polícia Militar foi chamada para atender o que seria um acidente. Ele foi levado primeiro para o Hospital de Monte Belo e, depois, transferido para a Santa Casa de Guaxupé. Ele não resistiu e morreu na sexta-feira (13). As suspeitas da família começaram pelo fato do lavrador ter sido encontrado sozinho no veículo. De acordo com o pai dele, ele teria saído de casa acompanhado de dois cunhados. O Hospital de Monte Belo alegou que o lavrador permaneceu na unidade de saúde por apenas 40 minutos, e que a prioridade não era a atenção aos ferimentos. Já na Santa Casa de Guaxupé, o paciente ficou internado mais de 30 horas, mas segundo o diretor clínico, a bala não foi percebida porque o hospital não tinha um profissional para avaliar a tomografia feita no hospital. Além do homicídio, a polícia deve investigar também a conduta dos hospitais. Segundo a polícia, já existem suspeitos da morte do agricultor. Fonte: G1 MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget