2014/07/15

Prefeitura e ONG disputam prédio abandonado em Caxambu, MG

Imóvel pertence à União e parte é usada como garagem da prefeitura. Local já foi sede de uma escola e de uma instituição para menores.

Um prédio no centro de Caxambu (MG), que pertencente à União, é alvo de disputa entre uma organização não governamental (ONG) de São Lourenço, que cuida de animais silvestres, e a prefeitura. Para a ONG Araras, o imóvel está abandonado e pode servir como sede para o seu trabalho. A prefeitura diz que faz a manutenção de parte do imóvel.

O prédio da Rua Américo de Macedo já foi sede da Fundação Nacional de Bem Estar do Menor (Funabem), instituição de apoio a menores em situação de risco, e de uma escola. São 308 mil hectares com salas de aula, área para oficinas, campo de futebol, uma quadra poliesportiva e uma sala de cinema.Tudo está depredado.

Completamente sujo, o imóvel está coberto por mato e é usado como ponto para uso de drogas. Segundo o prefeito de Caxambu, Ojandir Belini, veículos da Secretaria Municipal de Educação são guardados no local para que a prefeitura possa ajudar na manutenção de pelo menos uma parte do prédio, mas não se pode fazer muito.

Ainda de acordo com o prefeito, a administração encaminhou no ano passado um ofício solicitando que a União doe o espaço, mas não obteve retorno. Lá, a prefeitura pretende instalar uma faculdade ou criar seu centro administrativo.

O gestor ambiental Robert Ricelli Oliveira, presidente da ONG que busca a cessão do prédio, acredita que a área é ideal para as atividades do grupo. A ONG Araras é referência para 22 cidades da região na triagem de animais silvestres apreendidos.

Imóvel pertence à União e parte é usado como garagem da prefeitura em Caxambu (Foto: Reprodução EPTV)Imóvel pertence à União e parte é usado como garagem da prefeitura em Caxambu (Foto: Reprodução EPTV)
Fonte: G1 Sul de Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA

National Geographic POD