2013/01/17

Produtores mineiros vencem o 9º Concurso Nacional Abic de Qualidade do Café

Minas Gerais foi o destaque do 9º Concurso Nacional Abic de Qualidade do Café. As três categorias da disputa foram vencidas por produtores mineiros, que recebem assistência técnica da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG). Os cafés campeões e os demais lotes finalistas podem ser adquiridos em leilão até o dia 17 de janeiro. O concurso é promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). A avaliação sensorial das amostras foi feita no dia 8 de janeiro. Todos os procedimentos seguiram a metodologia do PQC (Programa de Qualidade do Café da ABIC), para grãos torrados, combinada com a metodologia da SCAA – Specialty Coffee Association of America, para grão verde. Os juízes avaliaram itens como aroma e sabor. Os participantes concorreram nas categorias café cereja descascado, natural e microlote. O produtor José Roberto Canato, do município de Carmo de Minas, Sul de Minas Gerais, ficou em primeiro lugar na categoria cereja descascado. Já o café produzido por Amélia Ferracioli Delarisse, do município de Patrocínio, região do Alto Paranaíba, venceu a categoria natural. O cafeicultor José Alexandre de Lacerda foi o grande vencedor do concurso. O café produzido na propriedade dele, no município de Espera Feliz, Zona da Mata mineira, recebeu a maior nota da disputa, conquistando o primeiro lugar geral. Além disso, José Lacerda ficou em primeiro lugar na categoria microlote. “Eu sabia que tinha um bom café e imaginei que poderia ficar numa boa colocação. Mas, foi uma surpresa vencer a categoria e obter a melhor nota geral no concurso”, afirma Lacerda. Em 2012, o cafeicultor venceu o Concurso Estadual de Qualidade dos Café de Minas Gerais, promovido pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio da Emater-MG, em conjunto com a Universidade Federal de Lavras (Ufla) e demais parceiros. O café produzido por José Lacerda ficou em primeiro lugar na categoria cereja descascado, região da Zona da Mata. Os bons resultados obtidos recentemente deixaram o produtor otimista. “O momento é muito favorável. A expectativa é conseguir comercializar a nossa produção por um preço melhor e conquistar novos mercados” , diz. José Lacerda recebe assistência técnica da Emater-MG. As orientações repassadas ao cafeicultor pelos extensionistas do escritório local da Empresa são bem amplas e abrangem o uso racional do solo e água, fertilidade do solo, recomendações sobre a implantação e condução das lavouras cafeeiras, infraestrutura necessária, colheita, secagem e armazenagem dos grãos, diversificação da produção e comercialização. “ Essas ações ajudaram o produtor a obter grandes resultados, como o aumento da produção e produtividade, melhoria da qualidade do café, e a conquista de mercado e melhores preços”, diz o extensionista Júlio de Paula Barros. Até o dia 17 de janeiro acontece o leilão dos lotes finalistas do concurso. Só poderão participar empresas compradoras, que se inscreverem e declararem compromisso de comprar os lotes pelos quais farão ofertas. Nesta edição, não será aceita a participação de pessoas físicas. A ficha de inscrição com declaração de compromisso de compra pode ser obtida no site da Abic ou também solicitada no e-mail daysi@abic.com.br. O resultado do leilão será divulgado pela Abic no dia 18 de janeiro de 2013. Mais informações: http://www.abic.com.br Assessoria de Comunicação Abic Assessoria de Comunicação da Emater-MG Núcleo de Imprensa 31 3349-813

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA

National Geographic POD