2013/01/17

Comerciantes são alvo do ‘golpe da lista telefônica’ em Guaxupé, MG

Comerciantes de Guaxupé (MG) têm sido alvo de telefonemas do “golpe da lista telefônica”. Uma empresa de São Paulo envia por fax um contrato e quando os clientes devolvem o papel assinado, percebem que foram vítimas de um golpe e que, na verdade, assinaram uma confissão de dívida. Para receber a suposta lista telefônica, a empresária Laureana Dias teria que assinar o documento enviado pela empresa Tel-lista. Mas na verdade, o papel era um contrato para que o nome da farmácia constasse no site da empresa paulista. O serviço deveria ser pago em 12 parcelas de R$ 300, totalizando R$ 3,6 mil. “Li o nome da empresa e nunca havia ouvido falar dela. Fiquei desconfiada e não assinei o contrato”, afirma. A presidente da Associação Comercial de Guaxupé, Lucimara Arantes, também recebeu a ligação.Ela fingiu acreditar no golpista e gravou a chamada. “Me fiz passar por desentendida, mas já havia lido que o documento era uma confissão de dívida. Notei várias contradições durante a ligação”, conta. A associação comercial tem conhecimento de que seis comerciantes receberam as ligações e uma caiu no suposto golpe. A dona da loja, que preferiu não se identificar, informou que uma funcionária foi enganada e assinou um documento sem perceber que era um contrato. Após isso, boletos de cobrança começaram a chegar. A lojista disse que não pagou nenhuma parcela da dívida e decidiu procurar a Justiça. A empresa de São Paulo foi procurada. A direção alegou que desconhece qualquer denúncia de golpe e afirmou que a agência tem mais de 30 mil clientes em todo o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget