2013/01/10

Prefeitura de Lavras tem rombo de R$ 23 milhões. Funcionários não receberam nem o salário de novembro 2012.

Por causa do déficit, alguns serviços foram suspensos no município. Servidores também não recebem salários desde novembro. O prefeito eleito de Laras (MG), Marcos Cherém, do PSD, afirma que assumiu a prefeitura com um rombo de mais de R$ 23 milhões. Na tentativa de amenizar a situação, o novo prefeito suspendeu alguns atendimentos à população. Além disso, muitos servidores não receberam os salários dos meses de novembro, dezembro e também o 13º salário. Quem chega à sede da Prefeitura de Lavras agora encontra portas fechadas. Um cartaz informa que o atendimento ao público só vai começar no dia 23 de janeiro. Os servidores continuam trabalhando, mas alguns serviços básicos foram temporariamente suspensos. Um deles é a emissão de guias de pagamentos de impostos e tributos. A avaliação de imóveis para transferência de escrituras também não está sendo feita. No entanto, serviços essenciais nas áreas de Saúde e Educação continuam. Ainda conforme o prefeito, parte dos salários de novembro, dezembro e 13º salários não foram pagos. Apenas os servidores de alguns setores receberam os vencimentos. A folha de pagamento da prefeitura, com quase dois mil servidores, ultrapassa os R$ 6 milhões. Segundo o prefeito, o pagamento dos salários e do 13º dos servidores que ainda não receberam será feito o mais rápido possível, mas ainda não há previsão. (Foto: Reprodução EPTV)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA

National Geographic POD