2012/08/14

Presente de grego no Dia dos Pais na festa de São Lourenço.

Um acontecimento deste fim de semana na cidade de São Lourenço , fez com que o leitor do Serra das Águas, Sr. Wlamir Escabio, sugerir uma matéria sobre as festividades de agosto em seu município. Tal texto não tem conotação política e somente nos faz pensar quanto vale a alegria de uma criança. A cidade foi contemplada nos dos últimos finais de semana com shows e um fato causou desconforto para muitas famílias da cidade. O show do Araketu que aconteceu no dia 10 de Agosto foi realizado com entrada franca, até aí, nada contra. Mas no dia 12 , o show da dupla de palhaços Patati & Patata teve um valor cobrado que nem toda família poderia pagar. Levando em conta o perfil do público, por que não ter promovido o show do Araketu pago e o show infantil de graça? Para tal pergunta, poderíamos levar em conta o fato que uma banda do estilo do Araketu tem público adulto que pode arcar com um ingresso para sua diversão. Já no show dos palhaços, de perfil infantil não e assim que as coisas acontecem. Imagine uma família formada por pai, mãe e duas crianças, sua diversão sairia por 80,00 R$. Visto que adulto pagava 25,00 R$ e criança 15,00 R$ (só era privada da cobrança, criança abaixo de 18 meses). Valor que infelizmente nem todos podem pagar. Este fato provoca uma segregação desnecessária a um público que não está preparado para isso. Imagine uma criança fã de Patati & Patata que foi privada de ir ao show, vendo um coleguinha de escola que pode comparecer ao mesmo, compartilhando com ele sua alegria na sala de aula sobre momento tão esperado. A prefeitura e a organizadora do evento poderiam ter atentado a esse fato e proporcionado alegrias às crianças da cidade, ao invés de dar um presente de grego no dia dos pais. Se uma criança que ainda não tem o completo julgamento dos fatos pode se sentir mal, imagine um pai, trabalhador que não pode dar esta alegria ao(s) filho(s) por ser algo que foge às suas possibilidades. Outra coisa que é de direito do consumidor e deve ser reclamada nestes shows regionais, assim como casas noturnas e outras festividades, é a lei de meia-entrada que quase sempre é desrespeitada. O que é nosso por direito sempre deve ser cobrado, como por exemplo, o direito de desconto para as crianças no referido show da matéria e nos demais do evento, bem como dos pais que por ventura comprovassem a condição estudantes, será que foi cumprido? FONTE; SERRADASAGUAS.COM

Um comentário:

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget