2014/09/28

Dívida faz médicos suspenderem atendimento em São Lourenço, MG

Direção diz que hospital tem dívidas que ultrapassam R$ 11 milhões.Informação é de que apenas casos de emergência serão atendidos.

Médicos do Pronto-socorro da Santa Casa de São Lourenço decidiram suspender os atendimentos devido aos problemas financeiros que o hospital tem enfrentado. Segundo o hospital, a dívida total da instituição é de aproximadamente R$ 11 milhões, incluindo pagamento de salários. Apenas casos de emergência estão sendo atendidos.
Os médicos fizeram uma carta dando um mês para que os salários fossem pagos. O prazo venceu neste sábado (27) e por isso, eles cruzaram os braços.

Em nota, a diretoria do hospital informou que o secretário de Saúde do município, Mauro Guimarães Junqueira, se comprometeu a repassar R$ 200 mil à instituição, caso o dinheiro do SUS não chegue até a próxima quarta-feira (1º). A quantia deve ser somada a mais R$ 150 mil economizados na Câmara de Vereadores e que já seriam devolvidos ao município.

Os médicos não informaram quando vão voltar com os atendimentos no pronto-socorro.

saiba mais


Dívida de hospital chega a R$ 11 milhões em São Lourenço Crise
Os problemas financeiros do Hospital de São Lourenço têm feito com que os atendimentos ao público sejam reduzidos na entidade. Em julho, faltava dinheiro até para a comida dos pacientes.Já nesta época, doações da comunidade já estavam sendo necessárias para manter a despensa do hospital cheia de mantimentos. Um grupo de voluntários realizou uma campanha que arrecadou cerca de 600 quilos de alimentos. Várias ações e até rifas também estavam sendo feitas para ajudar a entidade.

Hospital tem dívida de R$ 11 mi (Foto: Reprodução/EPTV)
Hospital tem dívida de R$ 11 mi (Foto: Reprodução/EPTV)O Hospital de São Lourenço é referência na região e atende a uma população de cerca de 36 mil pessoas. Por mês, são cerca de 500 internações e cinco mil atendimentos no pronto-socorro. De acordo com a diretoria do hospital, o prejuízo da instituição é de cerca de R$ 500 mil por mês. Do ano passado para cá, a crise financeira piorou. Um dos motivos é que o repasse do Sistema Único de Saúde (SUS) não estaria cobrindo as despesas com o atendimento pelo SUS.

O hospital disponibilizou uma conta para quem quiser fazer doações para ajudar e entidade. As doações nos valores de R$ 20, R$ 50 ou R$ 100 no Banco Cooperativo do Brasil, através da agência 5651, conta corrente 4516-0.

Do G1 Sul de Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA

National Geographic POD