2012/04/14

Bancada mineira se divide em grupos para cobrar demandas da União

Os parlamentares irão trabalhar pela concretização de ações no Estado, como investimentos da Petrobras, projetos de infraestrutura e outros específicos Bancada mineira, formada por 53 deputados e três senadores, irá se dividir em grupos para monitorar as principais demandas de Minas Gerais junto aos Três Poderes. A intenção é pressionar a União para a execução de obras consideradas prioritárias e pretende, ainda, apresentar à presidente Dilma Rousseff a Agenda de Convergência para o Desenvolvimento de Minas Gerais, a chamada Agenda Minas, que contempla 16 reivindicações consideradas prioritárias para o desenvolvimento econômico e social do Estado. A reunião, que ainda não tem data marcada, será agendada pela própria presidente. Os 16 pontos foram organizados em cinco linhas de ação e a bancada mineira instalará 19 grupos que irão contemplar estes pontos. A primeira linha trata de investimentos a serem realizados pela Petrobras em Minas e um dos comitês ficará encarregado exclusivamente do contato com a estatal, com objetivo de viabilizar os investimentos. Neste sentido, a Agenda Minas quer que a Petrobras articule com a Braskem a instalação do polo acrílico na Refinaria Gabriel Passos (Regap), cumprindo o protocolo de intenções assinado em 2005 com o governo do Estado; comprometimentos formais da Petrobras para a construção da usina de amônia e ureia em Uberaba, para a ampliação da capacidade instalada da Regap e para a extensão do Gasoduto Brasil-Bolívia (Gasbol) de São Carlos (SP) até o Triângulo Mineiro. Também solicita a realização de estudos e ampliação de investimentos da estatal na produção de álcool e biodiesel por meio da planta instalada em Montes Claros e de estudos de viabilidade para a exploração de gás natural na Bacia do Rio São Francisco. Infraestrutura – Outros cinco grupos tratarão de projetos de infraestrutura inclusos no Programa de Aceleração do Crescimento: a duplicação das BRs 381 e 040, a implantação do Rodoanel, reforma e ampliação do metrô de Belo Horizonte e adequação da BR-262. Outros quatro comitês ficarão responsáveis da terceira linha de ação, que são as parcerias público-privadas, como a infraestrutura ferroviária, adequação e a duplicação das BRs 116, 383, 262, 367, 356 e 251 e a ampliação do Aeroporto de Confins. Cada parlamentar deverá escolher dois grupos de trabalho e o deputado federal Aelton Freitas (PR/MG) fará parte das ações de adequação da BR-262 e de infraestrutura ferroviária. Se possível, também pretende integrar o grupo de investimentos da Petrobras. Específicos – Os demais comitês ficarão encarregados de projetos que dependem de negociações e que contemplam ações nas áreas de educação, saúde, economia do conhecimento (parques tecnológicos), defesa social e patrimônio histórico e cultural, além de prioridades específicas, como a revisão dos royalties do minério, da repactuação das dívidas dos estados, a implantação de um Tribunal Regional Federal em Minas Gerais, investimentos para prevenção e recuperação dos efeitos das chuvas e intervenções de saneamento. Para o deputado federal Aelton Freitas, esta mobilização é importante. “É um processo suprapartidário com foco nos anseios do povo mineiro, visando resultados concretos. Por isso, espero que nossa bancada consiga mobilizar o governo federal para acelerar a realização da Agenda Minas”, avalia o deputado. Maria das Graças Salvador l Assessora de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget