2013/02/05

Ambulâncias do Samu estão inutilizadas por falta de equipamentos

Veículos foram entregues à Prefeitura de Passos em 2010. Segundo atual secretário de administração, materiais sumiram.
As seis ambulâncias entregues à Prefeitura de Passos (MG) em 2010 estão sem condições de uso por falta de equipamentos. Os veículos seriam usados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas de acordo com o secretário de administração da prefeitura, macas, caixas de primeiros socorros, estepe e até caixa de ferramentas desapareceram e não se sabe onde foram parar. As ambulâncias do Serviço Móvel de Urgência chegaram a Passos em 2010 e aguardam a implantação do sistema na região. Quem espera pelo serviço, está indignado com o sumiço das peças. “Eu acho uma falta de consideração, já que seria uma coisa para ajudar a população de Passos né”, afirma a babá Rosângela dos Reis Guimarães. As ambulâncias estão no almoxarifado municipal e de acordo com o secretário de administração, elas não estão como chegaram. Algumas peças desapareceram, as caixas de ferramentas estão danificadas e nenhum estepe foi encontrado. O secretário disse ainda que faltam os kits de primeiros-socorros e a prancha de imobilização de pacientes, que ficava guardada ao lado da maca. Para o coordenador da emergência da Santa Casa de Passos, o Samu pode ajudar muito no atendimento de urgência na região. “Isso ajudaria a Santa Casa, o paciente chegaria mais rápido e com mais chances de não ter sequelas”, afirma Mayckell Aéliton Freitas. Na Santa Casa, são cerca de 200 atendimentos de emergência por mês. Seis ambulâncias do Samu de Passos estão paradas por falta de equipamentos (Foto: Reprodução EPTV) Enquanto as ambulâncias do Samu não rodam, outros serviços de urgência e emergência são solicitados e acabam sobrecarregando o atendimento. Os bombeiros de Passos atenderam cerca de 4 mil ocorrências no ano passado. Muitos moradores usam os próprios carros quando precisam de um atendimento de urgência. É o que fez Israel Cândido de Oliveira, quando teve que levar o pai para o pronto-atendimento. “A ambulância sai para atender os mais graves, então eu levei ele”, contou ele. O Samu será utilizado para atender casos urgentes. Para serem colocadas em operação, as seis ambulâncias vão precisar ser reequipadas. O secretário de administração disse que vai notificar a administração anterior para saber o que aconteceu com os equipamentos que desapareceram. “Primeiro nós fizemos o levantamento, encaminhei para a Procuradoria, que avisou que tem que fazer um processo administrativo, que vamos fazer. E tem que aparecer né, em algum lugar tem que estar”, afirmou o secretário. Até a publicação desta nota, o ex-prefeito e o ex-secretário de saúde de Passos não foram encontrados para dar uma posição sobre o assunto Do G1 Sul de Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA BEM VINDO

Prezado amigo(a), para nós é uma satisfação a sua visita em nosso blog. Este blog é uma amostra das matérias que circula no Jornal Sul Mineiro. Nas coberturas do Sul Mineiro sempre daremos uma nota aqui. O Jornal Sul Mineiro, Turismo, Negócios e Informações, está na região desde de 2002, ou seja, 10 anos, fazendo um trabalho transparente, honesto e com credibilidade. Tive ao meu lado a minha filha Juliana que foi minha Secretária no início que me ajudou muito. Hoje conto com o apoio enorme da minha esposa Rosy que é Secretária Executiva. O jornal nestes 10 anos sobreviveu graças o apoio das Prefeituras, Câmaras Municipais e Comerciantes, pois o Sul Mineiro é distribuído gratuitamente aos leitores. Sempre procuramos oferecer nossos serviços com transparência e honestidade. Por isso agradecemos sua visita e pedimos que sempre dê uma olhadinha em nosso blog para conferir as novidades.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
BAEPENDI, sudeste/Minas Gerais, Brazil
LOJA DE NOIVA COMPLETA
Ocorreu um erro neste gadget